sexta-feira, 6 de julho de 2012

Bonhoeffer e o casamento

"Como o cabeça, ele é responsável por sua esposa, seu casamento e seu lar. Sobre ele recai o cuidado e a proteção da família; ele a representa perante o mundo exterior; é seu arrimo e conforto; é o mestre do seu lar; é quem exorta, pune, auxilia, consola e se levanta em favor dela diante de Deus. É bom, sendo ordenança divina, que a esposa honre o marido em razão do seu ofício e que o marido cumpra adequadamente os deveres de seu ofício".

Dietrich Bonhoeffer
É claro que muitos homens, boa parte deles, desconhece seu ofício familiar como cabeça, que é mandato divino para nossas vidas. O não conhecimento dos detalhes desse ofício e da importância dele para a família faz com que muitos homens negligenciem esse ofício, e, por isso, não o cumpram em nenhuma esfera de suas vidas. 

As esposas sentem isso, e a honra devida fica debilitada. Espera-se que a mulher entenda seu papel, atuando como a igreja em relação a Cristo, mas isso na expectativa de que também os homens compreendam seu papel semelhante a Cristo. 

Se os homens não assumem essa responsabilidade, toda a família sofre, e o modelo Cristo-Igreja projetado por Deus se torna cada vez mais inviável para a família. Homens, assumam essa responsabilidade: 

Sobre ele recai o cuidado e a proteção da família; ele a representa perante o mundo exterior; é seu arrimo e conforto; é o mestre do seu lar; é quem exorta, pune, auxilia, consola e se levanta em favor dela diante de Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário